quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Ano novo, vida nova?

Não exatamente. Por aqui vou seguindo o que já vinha fazendo.
2013 foi um ano muito bom, embora tenha sido um tanto mais difícil no último trimestre.
Ainda assim, em 2013 conheci o mar, estive bem no trabalho, fui muito paciente (tive grandes chances de barraquear, mas consegui me manter tranquila), emagreci um tanto bom, embora menos do que desejava.
Quando resolvi que queria emagrecer, achei que eliminar 20 kg seria super fácil, mas me surpreendi vendo que não é tão matemático quanto parece.
Agora no fim de ano, com alguns problemas familiares, eu comi emoções e voltei a engordar um pouco. Até novembro mais ou menos, eu estava com 79,1 kg e fechei dezembro com 82 kg. Considerando que comecei o ano passado com 94,8 kg, totalizo -12,8 kg de fato em 2013. É pouco? Honestamente acho que sim, mas lamentar não emagrece, infelizmente.
Para 2014 eu decidi não ter  metas nem ficar me cobrando. Quanto mais me cobro, mais tensa eu fico e menos consigo ficar bem comigo mesma. Então este ano é para relaxar, cuidar de mim e me amar muito.
Ser mais legal comigo, perdoar minhas pequenas falhas e recomeçar sempre que for necessário.
E até por essa resolução, parei com barrinha e pesagem semanal aqui neste espaço. Vou usar este espaço apenas para registrar coisas positivas. Sem cobranças, sem neuroses... foi assim que funcionou  no ano passado, é assim que vou fazer.
Desejo a todas vcs um ano cheio de amor (próprio, principalmente) e saúde...

Um comentário:

Josi Carneiro disse...

faça da maneira que vc achar melhor! Faça de uma maneira que deixe confortável e bem, os dias continuam mas a esperança é pra ser renovada, pra ter mais forças pra continuar.. bjs